Jahnkoy, de Maria Kazakova

Jahn N44 030

A artista russa Maria Kazakova, da marca Jahnkoy, ocupou os corredores da Bienal com uma performance impactante que misturava elementos esportivos e adereços tribais (como bordados, tranças e franjas) em uma sobreposição de estilos que é a cara da moda masculina hoje.

“Jahnkoy significa um novo espírito de vizinhança. Convida as pessoas a andar para frente unidas e reivindicar o mundo como uma só tribo. Vemos a moda como uma forma de união humana e uma plataforma poderosa de mudança,” diz a criadora.

Para ela, a comunidade é uma parte essencial do ser humano, já que formamos grupos de acordo com os nossos interesses, valores e pontos de vista. “Nossos espíritos estão unidos e nos tornamos parte da vida dos outros, nos afetamos uns aos outros e esta é a forma como a sociedade se desenvolve”.

Maria nasceu e cresceu na Sibéria, estudou moda em Moscou, depois na Saint Martins, em Londres, e na Parsons, em Nova York, onde mora hoje. Com o mundo começando a prestar atenção, a artista já veste as cantoras M.I.A e Erykah Badu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

trendy posts

Search